Estátua de Brennand

2014

Farol de Olinda

2014

Galo da Madrugada

2014

Papangus II

2014

Homem da Meia-Noite

2014

Maracatu Rural I

2014

Ricardo Brennand

2014

Marco Zero

2014

Teatro Santa Isabel

2014

Maracatu Rural II

2014

Igreja N. Sra. Do Carmo I

2014

Palácio da Justiça

2014

Papangus I

2014

Igreja de Triunfo

2014

Igreja N. Sra. Do Carmo II

2014

Auto Retrato I

2014

Rua da Aurora I

2014

Rua da Aurora II

2014

Bumba-meu-boi

2014

Auto Retrato II

2014

10 Exposição Individual Jackson Santana

O que Recife e Olinda teriam em comum além das cores vibrantes, dos casarões e da vasta cultura? Elas também foram escolhidas pelo artista Jackson Santana como tema de seus trabalhos, nos quais  explora a fundo a dinâmica, o passo frenético e o ritmo das cidades em suas obras. Em sua primeira exposição individual, o tema não poderia ser outro. O carnaval e o Recife foram eleitos por Jackson para saírem do cotidiano e entrarem para sempre no nosso imaginário. O teatro Santa Isabel e o Bumba Meu Boi são alguns dos motivos que compõem o cenário lúdico de suas aquarelas, onde as cores tornam-se protagonistas, dando ainda mais vida às paisagens do Recife e aos seus personagens folclóricos. O fervo da festa de Momo, o Homem da Meia-Noite e seus admiradores também estão presentes, onde o artista recria o passo e cria um novo olhar sobre o tradicional.

Seus pontos de vista ficam marcados de forma literal no papel, dando vida às imagens que surgem interligadas por esses pontos. É possível vê-los por toda a sua trajetória artística, e em cada uma de suas obras. São pontos que ligam sua história e poética no desenho.

A cidade se transforma e ganha imensidão sob o olhar calmo do artista, um recifense que pinta o Recife com as cores do mundo.